Centro Luso Italiano de Conservação e Restauro

Minha Newsletter

 

Português   English   Español

PORTFÓLIO

 

EXPERIÊNCIA ARTÍSTICA

 

ILUMINURA - GUIMARÃES

 

A iluminação de livros, impulsionada pelos sriptoria monásticos, foi uma das formas artísticas mais importantes até ao século XVI.

Os iluminadores eram na sua maioria monges que trabalhavam nos scriptoria dos mosteiros ao lado dos copistas, habitualmente os motivos pintados nos manuscritos, poderiam ser cenas bíblicas ou temas profanos, como figuras de animais, monstros ou simplesmente carateres humanos.

O objetivo de iluminar os manuscritos era tornar a superfície do fólio agradável e apelativa ao olhar, por outro lado, dava ao texto uma estrutura clara e uma disposição coerente, uma vez que, pelo ordenamento eficaz das subdivisões do texto, a decoração e a ilustração serviam frequentemente de pontos de referência nos manuscritos medievais que não tinham paginação nem foliação.

 

         

 

 

           

 

          

 

           

 

            

 


© 2012 Centro Luso Italiano de Conservação e Restauro, S.A. Web design de NetParceiro.
 DGERT